quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Jeepform, por Emegent Play

Goshai Daian (Fronteiras de Akitan/ Breves Encarnações) legendou o vídeo curtinho do Emergent Play explicando mais ou menos o que é jeepform. Emergent Play é um canal do Youtube dedicado a apresentar e debater a teoria do RPG de mesa, por esse motivo ele começa dizendo que "não é bem verdade que o Jeepform é um tipo de larp"... mas esta discussão fica para outro dia. O canal tem publicações semanais e os vídeos tem duração de 1 a 5 minutos.

Além deste vídeo, Goshai anunciou ter planos para mais legendas em breve - ele está cozinhando um projeto que está chamando de TV LARP.


Problemas para ver o vídeo? Segue a transcrição na íntegra, em português:

Nós aqui na América do Norte não somos os únicos a explorar a criação de RPGs. Muitas ideias maravilhosas vieram dos países nórdicos. Uma em especial é o jeepform.

Episódio 38 - Jeepform

As pessoas costumam dizer que o Jeepform é uma forma de larp, mas isso não é bem verdade. Ele faz uma ponte entre o RPG de mesa e o larp, com ênfase no roleplay livre.

Jeepform
é mais um modo de jogar RPG do que uma concepção completamente nova de RPG. Ele tem algumas regras e princípios que são acordadas entre os participantes. Existem algumas características mais comuns nos jogos jeepform. Por exemplo: não é incomum que eles tenham um GM agindo como um diretor, estruturando cenas.

Eles costumam ter um alto índice de "bleed" em vários desses jogos um foco maior nos personagens e suas histórias, que frequentemente são mais próximas do cotidiano. Existe um jeepform sobre salvar reféns mas, até onde eu sei, não existe um jeepform sobre salvar o mundo.

E eles frequentemente usam "metatécnicas" como monológos, "telegraphing", usar um objeto X ao invés do objeto real e permitir que vários jogadores controlem o mesmo personagem. Mas, como isso funciona exatamente? Alguns jogos se definem como jeepform, mas são mais uma espécie de framework para criação de um cenário.

O jogo tende a focar na experiência emocional. O diretor irá estabelecer as cenas como objetivo de criar ações dramáticas tanto quanto uma narrativa envolvente. A cena também pode ser fragmentada durante o jogo para adicionar um momento mais interessante,  seja colocando mais informação ou adicionando sentido a alguma interação.

Isso tudo pode soar "sério" demais para jogos, mas esse jogos de fato são levados muito a sério às vezes nos países nórdicos. Teoria de RPG é uma coisa muito forte nessa parte do mundo e alguns países, como a Suécia, tem larps financiados com verbas públicas.

Mesmo aqueles que estão interessados em expandir os seus horizontes de jogo o larp nórdico talvez não seja algo para todo mundo e Jeepform pode ser até mais desafiador, mas a existência desse tipo de jogo não me surpreende. As pessoas querem experimentar coisas e o jeepform é uma tentativa de tornar essas experiências ainda mais significativas.

Links importantes abaixo e, como sempre, espero que o seu próximo jogo seja melhor do que o último!

Referências:
http://jeepen.org/
http://nplarp.blogspot.com.br/2... (versão em português)
http://www.gamingaswomen.com/posts/201...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...